Ricardo Teixeira deixa a CBF após 23 anos no poder !

Com informações de: globoesporte.com

Foto: Marcos Ribolli
Ricardo Teixeira não é mais presidente da Confederação Brasileira de Futebol e do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, na sede da entidade no Rio de Janeiro, José Maria Marin - vice-presidente do Sudeste e mandatário em exercício após a licença médica de Teixeira na última semana - anunciou que o cartola renunciou aos cargos.

Marin leu uma carta de Teixeira em que o dirigente dizia: "Hoje, deixo definitivamente a presidência da CBF". No texto, o ex-presidente anuncia Marin, de 79 anos, como seu substituto na confederação. No COL, os ex-jogadores Bebeto e Ronaldo fazem parte do conselho de administração.

Veja a matéria completa no site.

No comunicado, Teixeira deixou um "muito obrigado" à torcida brasileira, lembrou os títulos conquistados pela Seleção desde sua chegada em 1989 e considerou injustas as acusações que tem sofrido. "Fiz nesses anos o que estava ao meu alcance, sacrificando a saúde", dizia o texto. Na última sexta, o dirigente havia pedido licença médica. Na véspera da Assembleia Geral da CBF, que foi realizada dia 29 de fevereiro, ele passou mal durante uma reunião e teve que deixar a sede da entidade com dificuldades de se locomover. Em setembro do ano passado, Teixeira foi internado por dois dias no Rio de Janeiro devido à diverticulite.

" Deixo definitivamente a presidência da CBF com a sensação de dever cumprido. " diz um trecho da carta.

Teixeira fala ainda da dificuldade de dirigir a CBF.

" Presidir paixões não é uma tarefa fácil. Futebol em nosso país é associado a duas imagens: talento e desorganização. Quando ganhamos, exaltam o talento. Quando perdemos, a desorganização. "

Marin também informou que Teixeira deixará o cargo de presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014. O próprio Marin ficará na função.

Comentários

 
Template Denvolvido por BaixarTemplatesNovos